Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Criciúma Shopping capacita colaboradores para atendimento pré-hospitalar

Compartilhe

A instrução foi guiada pelos bombeiros profissionais civis que atuam diariamente no estabelecimento

 

Pensando sempre no melhor para os seus visitantes, o Criciúma Shopping ofertou aos colaboradores que têm maior contato com o público, uma instrução de atendimento pré-hospitalar. O estabelecimento resolveu apostar no treinamento, visando oferecer um serviço ainda mais completo e seguro a todos que passam pelo local.

Independentemente do dia ou do horário, a partir do momento que o Criciúma Shopping inicias as suas atividades, um bombeiro profissional civil está nas dependências do estabelecimento para prestar atendimento em situações necessárias. O serviço funciona de segunda-feira a domingo e, por isso, dois profissionais atuam em turnos diferentes para manter todos os dias da semana guarnecidos.

No caso da instrução, ambos passaram seus conhecimentos a dez funcionários, que aprenderam sobre imobilização de fraturas e colocação de vítimas em prancha rígida. Colaboradores que atuam na manutenção, segurança, supervisão e demais setores que cuidam do funcionamento do shopping foram capacitados. Dessa forma, em caso de emergências, eles podem auxiliar na prestação de um atendimento rápido e correto.

“Sempre pensamos em ações que podem agregar no suporte que oferecemos aos nossos visitantes. Em 2019, realizamos um simulado de evacuação e um treinamento da brigada de incêndio. Neste ano, com a instrução de atendimento pré-hospitalar, estamos investindo ainda mais em nossos funcionários e, consequentemente, nas pessoas que nos visitam diariamente”, aponta o diretor de Operações do Criciúma Shopping, Edmilson Martins.

Um piso molhado, um descuido ou um objeto no chão podem gerar quedas da própria altura que, em casos mais graves, podem ocasionar fraturas em um membro superior ou inferior. Por isso, ter um atendimento preciso e seguro pode agilizar e facilitar esses momentos de tensão.

“Ter pessoas especializadas para prestar os primeiros socorros faz toda a diferença. Desde crianças até idosos, todos estão sujeitos a uma queda do próprio nível, por exemplo. Assim, treinar os funcionários para realizar o atendimento pré-hospitalar é essencial”, ressalta o bombeiro profissional civil do Criciúma Shopping, Douglas Taufembach.